Sobre a Pesquisa

Materialidade e Imaterialidade, este é o tema central desta dissertação de mestrado em arquitetura e urbanismo, tendo como foco o estudo do Pavilhão Alemão em Barcelona.

Foram identificados em manuais importantes que descrevem a história arquitetônica, questões de valor espiritual, transcendente e imaterial. Pudemos assim identificar que estas questões não são muito exploradas e acabam passando despercebidas .

Podemos citar alguns destes trechos retirados deste manuais:

“A nova era existe, é um fato, a despeito de nosso “sim” ou “não”. E não é melhor nem pior que qualquer outra era. É uma pura questão de data, sem valor em si. Portanto não tentarei defini-la ou esclarecer sua estrutura básica. Não atribuamos à mecanização e à padronização importância indevida. Aceitemos as transformações econômicas e sociais como um fato. Tudo isso segue cegamente seu destino. Uma coisa será decisiva: o modo como nos conduzimos em face das circunstâncias. Aqui tem início o problema do espírito. A importante questão a ser formulada não é “o que” mas “como”. Que produtos produzimos ou quais instrumentos empregamos não são questões de valor espiritual. Como a questão dos arranha-céus versus edifícios baixos está colocada, se construímos em vidro ou aço, são questões sem importância, da perspectiva do espírito. Se tendemos à centralização ou descentralização no planejamento urbano é uma questão prática, não uma questão de valor. E é justamente a questão do valor é que é decisiva. Temos que estabelecer novos valores, estabelecer nossos objetivos últimos de forma que possamos estabelecer padrões. Porque o que é certo e significativo para qualquer era – incluindo a nova era – é isso: dar ao espírito a oportunidade de vir à existência.” Mies in: Frampton, 1997, p. 166 

“Segundo William Curtis as edificações alcançam ressonância simbólica que ultrapassam o nível de meros “signos”, transcendendo as representações obvias, funcionando em níveis que tocam a mente e os sentidos através do controle abstrato do espaço, luz, estrutura, geometria, material e movimento.”  CURTIS, 2008, p. 13 

“As formas arquitetônicas de Mies alcançam um caráter simbólico transcendental.”CURTIS, 2008, p. 190 

“Em vários campos, dentro e fora dos limites tradicionais, veem-se emergir novas exigências materiais e espirituais, novas ideias, novos instrumentos de participação que, em um ponto determinado, confluem em uma nova síntese arquitetônica profundamente diversa da antiga. Assim é possível explicar o nascimento da arquitetura moderna.”BENEVOLO, 1976, p.12.

A partir desta constatação foi feito um levantamento exaustivo em base de dados como portal capes, Jstor, bibliotecas, banco de teses brasileiras entre outros e pode-se observar que há um desequilíbrio entre as análises projetuais com base no material e pouco se é falado sobre questões imateriais.

A partir disto pretende-se construir uma dissertação de mestrado justificando e documentando este levantamento, tendo como objeto de estudo o Pavilhão Alemão do arquiteto Ludwig Mies van der Rohe em Barcelona.

Esta analise será feita a principio em três partes:

1- Analise dos discursos sobre a temática do imaterial em manuais de arquitetura. Usaremos Frampton, Curtis e Zevi.

2-associações através de leituras e resenhas de textos e livros sobre o imaterial que sejam mais contemporâneas além da leitura da biografia do arquiteto.

3- e por ultimo será feita uma análise fotográfica sobre o Pavilhão, que foi visitado pela autora da dissertação recentemente.

Esse trabalho está inserido ao Grupo de Pesquisa “Percursos e Projetos: Arquitetura e Design” uma vez que ambos dedicam à investigação sobre o processo de projeto em arquitetura.

É importante mencionar que durante esta pesquisa estão sendo coletadas informações novas em relação ao Pavilhão que poderão gerar novos assunto a serem tratados em artigos paralelos ou ate mesmo um Doutorado como continuação deste tema.

Marianna Dal Canton Martignago

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s